Protetores da Baía de Guanabara chegam ao Pão de Açúcar

  voltar

Em uma atividade de formação continuada do Programa De Olho no Lixo – Baía de Guanabara, os jovens Protetores da Baía de Guanabara, participaram de uma ação educativa, na manhã do dia 15/03, no Pão de Açúcar. A visitação a um dos pontos turísticos mais conhecidos da cidade, foi uma premiação pelo resultado final da campanha de sensibilização de moradores nas comunidades de Roquete Pinto e da Praia de Ramos, localizadas no Complexo da Maré.

A escolha do Pão de Açúcar ocorreu por sua localização privilegiada, uma vez que a formação rochosa faz parte da boca de entrada da Baía de Guanabara, foco principal do Programa. Do alto de seus morros é possível observar um conjunto distinto de aspectos socioambientais das inúmeras funcionalidades e usos da Baía e seu entorno, propiciando um outro olhar sobre o estuário.

Na campanha os jovens percorreram as residências das comunidades informando e sensibilizando os moradores sobre o descarte consciente do lixo doméstico e do óleo de cozinha usado. “Foi um trabalho bem legal entregar esses materiais aos moradores e mostrar para eles a importância que tem aquele óleo usado não ir parar na Baía de Guanabara.” Ressalta o jovem João Vitor, protetor da Baía de Guanabara.

Inaugurado em 1912, o Bondinho do Pão de Açúcar foi o primeiro teleférico do Brasil e terceiro no mundo, ligando o Morro da Urca ao Morro do Pão de Açúcar. Desde então, mais de 40 milhões de pessoas já utilizaram os bondinhos. “Foi uma experiência muito boa! Eu nunca tinha ido, sempre tive vontade de conhecer o Pão de Açúcar e foi através do nosso esforço e da nossa dedicação que esse passeio foi feito. Foi uma boa oportunidade também de ter reunido a turma toda, tinha tempos que não acontecia isso. Foi uma experiência nova e muito bonita de ver a Baía de Guanabara de cima.” Destaca a protetora Micaela dos Anjos.

O programa De Olho no Lixo – Baía de Guanabara é uma iniciativa da Secretaria de Estado do Ambiente (SEA) e do Instituto Estadual do Ambiente (Inea), em parceria com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e o Instituto Brasileiro de Administração Municipal (Ibam).

 

 

Rua Buenos Aires, 19 - Centro

Rio de Janeiro / RJ

20070-021

Tel.: (21) 2142-9797

Fax: (21) 2537-1262

ibam@ibam.org.br